O coaching tem crescido bastante. Hoje são várias as pessoas que se autodenominam coaches, mesmo sem ter nenhuma formação específica.

Esse crescimento gerou muita polêmica: de Youtuber querendo banir os coaches da face da Terra a merchandising em novela, onde um coach usava a técnica de hipnose para a cura de um trauma por abuso na infância, culminando com uma advertência do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) em resposta a uma série de denúncias em função dessa ação de publicidade em novela global.

Toda essa confusão acontece um pouco por falta de informação. Apesar dos esforços das instituições responsáveis e entidades de classe, há muitas dúvidas sobre quais são as diferenças entre as diferentes formas de apoio que estão disponíveis.

Sensível a essa questão, um amigo sugeriu que eu gravasse um vídeo para o meu canal, explicando algumas diferenças básicas entre coaching, terapia e consultoria. É um primeiro passo para um melhor entendimento. O vídeo não pretende ser um ponto final na discussão. Por isso, caso existam dúvidas, perguntas, usem o espaço dos comentários.  Tentarei responder a todas, ou procurar por pessoas que possam fazê-lo.

É só clicar no link e assistir ao vídeo. Se o conteúdo do canal for interessante para você, não se esqueça de se inscrever e clicar no sininho. Assim, todas as vezes que o conteúdo novo for publicado, você será notificado.

Quer conhecer mais sobre como a Agrégat pode ajudar você ou a sua equipe a desenvolver liderança e trabalho em equipe? Clique aqui.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.